Os bastidores da política em Valença do Piauí já começam a se movimentar em torno de uma possível aliança entre os vereadores eleitos pelas coligações de oposição ao prefeito eleito Marcelo Costa, do Progressistas.

Segundo informações da imprensa valenciana, uma possível aliança entre vereadores eleitos pelas chapas derrotadas já começa a se configurar visando eleger um dos membros do grupo à presidência do legislativo municipal.

As informações dão conta que as vereadoras eleitas Paula Jeanne (MDB), Walmarya Moura (PTB), Ielva Melão (MDB), Rafaela Sampaio (PTB), Ilana Caetano (SD) e o vereador eleito Kassio Gomes (SD) se reuniram após o advento de suas respectivas diplomações por parte da Justiça Eleitoral para discutir um movimento de unidade entre os seis parlamentares visando à conquista da presidência da Câmara Municipal.

Da esquerda para direita: Ielva Melão (MDB), Paula Jeanne (MDB), Ilanna Caetano (SD), Kassio Gomes (SD), Walmarya Moura (PTB) e Rafaela Sampaio (PTB) – (Foto: Divulgação)

A oposição a Marcelo Costa formada pelos partidos MDB, Solidariedade e PTB elegeu 7 dos 11 vereadores do parlamento municipal valenciano que, estatisticamente, representam cerca de 60% do eleitorado do município.

Segundo os relatos, o acordo fechado entre as cinco vereadoras e o vereador presentes na reunião é de entendimento para uma oposição firme ao executivo e de garantia da conquista do comando da mesa diretora da Câmara em eleição que deverá ocorrer no início de 2021.

Fonte: Mestiço News
COMPARTILHAR

Comentários no Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui