Senador Ciro Nogueira anuncia pré-candidatura a governador do Piauí – Foto: Laís Vitória/Viagora

Na manhã desta segunda-feira, 26 de abril, o senador e presidente nacional do Progressistas, Ciro Nogueira, anunciou a sua pré-candidatura a governador do Piauí em evento realizado na zona Leste de Teresina.

O evento contou com a presença de várias lideranças do partido e de outras siglas que integram a bancada de oposição à atual administração do Governo do Estado.

O senador afirmou que tem o sonho de ser governador, mas que poderia abrir mão da cabeça de chapa em favor de um nome com maior apelo popular. Ciro ainda fez elogios ao ex-prefeito Firmino Filho (PSDB), encontrado morto no dia 6 de abril, e comentou que o tucano era um dos nomes cotados para ser candidato a governador.

“Ser governador do Piauí é um sonho da minha vida, mas não uma obsessão. Meu candidato do coração era o ex-prefeito Firmino Filho, porque ele era, para mim, não só o melhor gestor do Piauí, mas do Brasil. Com a falta dele, agora nós vamos para um processo de construção. Se a eleição fosse hoje, eu seria o candidato a governador, porque é a vontade da população que isso se concretize. Mas não tenha dúvida que essas pessoas que estão do meu lado poderiam sim [ser cabeça de chapa]. Eu não teria dificuldade nenhuma de abrir mão do meu sonho se essa for a vontade do povo”, afirmou Ciro.

Questionado se o anúncio da sua pré-candidatura significaria uma exigência aos deputados do Progressistas que atualmente fazem parte da gestão do governador Wellington Dias para que tomem partido, Ciro declarou que os parlamentares tomarão uma decisão quando for o tempo certo.

Ciro Nogueira – (Foto: Laís Vitória/Viagora)

“Não se trata de uma exigência de tomar partido. Esses parlamentares são senhores do seu tempo. Eles vão fazer a escolha no tempo correto. Esse ato de hoje é mais no sentido de dar uma esperança ao nosso estado. A atual gestão sempre fez política escolhendo seus adversários e tentando evitá-los. Estamos acompanhando um festival de nomeações de pessoas que não têm mais o que produzir para esse estado, porque está sempre se colocando acomodação política acima dos interesses da população. E essa é a diferença das pessoas que estão aqui”, completou Ciro.

Fonte: Viagora
COMPARTILHAR

Comentários no Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui