A Polícia Ambiental está investigando quem são os homens que aparecem em um vídeo comemorando a caça de, pelo menos, 11 tatus. O caso aconteceu na zona Rural da cidade de Pio IX, distante 439 Km de Teresina.

Nas imagens o autor do vídeo se orgulha  da caça “bem sucedida” e conta que a captura dos onze tatus aconteceu entre os dias 25 e 26 de julho.

“A caçadinha foi de sábado pra domingo[…] Onze tatus numa noite”, comemora. Em seguida, ele  filma a “turma completa” que seria responsável pela caça. Um carro de alto padrão também aparece nas imagens.

O comandante do Batalhão da Polícia Ambiental, tenente coronel Carlos Henrique Teixeira, informou que a polícia está analisando as imagens. Ele ressalta  que a caça dos tatus é crime ambiental e classifica como “deprimente” a comemoração feita no vídeo.

O comandante alerta, ainda, que o consumo da carne do tatu está ligado a diversas doenças e é um risco para a saúde humana. Para se ter uma ideia do risco, o tenente coronel conta que há caçadores no Piauí que capturam tatus que se escondem em locas nos cemitérios.

“É crime ambiental a caça, o consumo, a venda ou qualquer tipo de utilização do animal silvestre.   A gente observa que pelas características do vídeo eles são caçadores que estão comemorando  o crime ambiental. O animal silvestre não pode ser consumido porque é vetor possível de transmissão de doenças. Sobre o tatu peba sabemos  de casos de caçadores que vão ate cemitérios e ocorrem que muitos tatus entram nas locas de sepulturas e se alimentam de cadáveres e eles caçam nesses locais e as pessoas ainda consomem esses tatus”, explica o comandante.

A Polícia garante que os responsáveis pela captura dos tatus será identificado  e todas as providências cabíveis serão tomadas.

Fonte: Com informações de Tiago Melo / Cidade Verde
Cidades na Net
COMPARTILHAR

Comentários no Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui