Ampliada às 19h26

O Piauí registrou a semana com menor número de mortes por covid-19 desde a segunda quinzena de junho. Por outro lado, os dados consolidados neste sábado (1º) registram aumento do número de infectados – foi a semana com maior número de casos confirmados desde o início da pandemia do novo coronavírus.

Nos últimos sete dias, foram 126 mortes procovadas pelo coronavírus, confirmando a tendência de queda no número de óbitos no Piauí – o recorde semanal foi de 169 vidas perdidas.

No mesmo período, foram confirmados 6.949 casos de infecção pelo coronavírus, batendo o recorde da última semana de junho – 6.921 testes positivos. Julho começou com queda nos novos casos, mas os registros semanais voltaram a subir – foram de 6.333 para 6.748 na semana passada, e cresceram mais uma vez nos últimos sete dias.

Neste sábado (1º), a Secretaria de Estado da Saúde do Piauí (Sesapi) contabilizou 15 mortes e 535 novos casos. O total de óbitos chegou a 1.369, e os testes positivos somam 52.993 no acumulado desde março.

Novos óbitos

O total de óbitos está em queda, mas um número que cresce é o de municípios com vidas perdidas para o coronavírus – agora são 129, com as primeiras mortes de Currais (homem, 74 anos) e São Gonçalo do Gurgueia (homem, 69 anos).

Teresina teve mais 9 mortes confirmadas: seis homens (73, 75, 78, 80, 82 e 93 anos) e três mulheres (64 e duas de 68 anos). A capital tem 718 óbitos.

Parnaíba tem 113 óbitos por covid-19. O último foi de uma mulher de 91 anos.

Ainda foram confirmadas a 22ª morte de Luzilândia (mulher, 47 anos), a 11ª de Altos (homem, 38 anos) e a terceira de Sussuapara (homem, 61 anos).

São 220 municípios com casos confirmados – apenas Arraial, Canavieira, Jardim do Mulato e João Costa não têm registros do novo coronavírus.

Internações despencam

Foram 65 altas médicas nas últimas 24 horas. O total de leitos ocupados caiu de 759 para 719 – o menor número desde 18 de junho.

São 415 pacientes internados em leitos clínicos, 18 em estabilização e 286 em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs).

Fonte: Cidadeverde.com
COMPARTILHAR

Comentários no Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui