Senador Marcelo Castro – (Foto: José Cruz/Agência Brasil)

O senador Marcelo Castro (MDB) firmou nesta sexta-feira (10) que será o Podemos quem irá apresentar proposta que altera as regras do segundo turno das eleições presidenciais. Ele confirma que teve a ideia, discutiu com senadores do Podemos que ficaram de oficializá-la no Senado.  Porém, ele disse que poderá assinar como coautor.

Marcelo Castro afirmou que apesar de ser o autor da ideia, não recebeu o apoio esperado do MDB. Por isso, o Podemos deve encabeçar a proposta. Pelo projeto, será possível ter três, e não dois candidatos, no segundo turno da eleição presidencial.

“O objetivo é diluir a polarização. Quando se temos dois candidatos como Lula e Bolsonaro, isso inibe que outros partidos possam lançar candidaturas ainda no primeiro turno. Eles já buscam alianças com esses dois nomes já no primeiro turno. Essa medida fortalece o Centro”, destaca.

O MDB trabalha nos bastidores a possibilidade de viabilizar o nome da senadora Simone Tebet para disputar a presidência. Porém, Marcelo avalia que a polarização vivida pelo país é um obstáculo.

“É importante que cada país possa apresentar as suas ideologias, suas propostas no primeiro turno. Depois disso é que busca as alianças. Podem ter três vias no segundo turno, os partidos terão um incentivo a mais”, destaca.

Por Lídia Brito
Fonte: Cidadeverde.com
COMPARTILHAR

Comentários no Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui