O criminoso tinha saído da cadeia em novembro de 2020, beneficiado por um esquema de alvarás de soltura falsos descoberto em fevereiro

João Filipe Barbieri foi preso em Niterói — Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal

A Divisão de Capturas da Polícia Interestadual (Polinter) prendeu na manhã desta quarta-feira (21) João Filipe Barbieri, que saiu da cadeia com um alvará falso descoberto em fevereiro deste ano. Ele é considerado um dos maiores traficantes de armas do mundo. As informações são do G1.

A ação foi feita em conjunto com a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap). Barbieri foi preso em Piratininga, em Niterói, na Região Metropolitana do Rio, e será levado para a Cidade da Polícia, na Zona Norte do Rio.

Outras pessoas já foram presas suspeitas de participar do mesmo esquema. Uma delas foi João Victor Roza, comparsa de Barbieri. Ele foi preso na última segunda-feira (19) por agentes da Superintendência de Inteligência do Sistema Penitenciário (Sispen).

O traficante de armas João Victor Roza foi recapturado, nesta segunda-feira (19) — Foto: Leslie Leitão

Histórico

João Filipe Barbieri fez uso de um alvará de soltura falso para deixar a penitenciária de Bangu, onde estava preso desde 2017, condenado a 27 anos de prisão por associação para o tráfico e tráfico internacional de armas, como mostrou o RJ2.

João é enteado de Frederick Barbieri – considerado o “Senhor das Armas” e que está preso nos Estados Unidos – e é acusado de ser um dos principais integrantes da quadrilha que, segundo as investigações da Polícia Federal, enviou milhares de fuzis para o Brasil em aquecedores de piscina.

A Secretaria de Administração Penitenciária (Seap) confirmou a saída de João Barbieri da prisão em 18 de novembro de 2020, apenas três anos depois de começar a cumprir a pena.

COMPARTILHAR

Comentários no Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui