Em reunião realizada nesta quarta-feira (10), a Federação Paulista de Futebol (FPF) permitiu que os 16 clubes da Série A1 do Campeonato Paulista voltem aos treinos na próxima segunda-feira (15). A decisão final, porém, depende de autorização das prefeituras de cidades dos times participantes e das autoridades de saúde.

Através de uma videoconferência com os dirigentes dos clubes do Paulistão, a federação optou pela liberação da retomada gradual das atividades físicas dos jogadores. Uma reunião entre a FPF, a Prefeitura de São Paulo e os presidentes de Corinthians, Palmeiras e São Paulo está marcada para esta quinta-feira (11), quando será entregue um protocolo sobre os treinamentos.

De acordo com a entidade, o mesmo processo deve ser realizado envolvendo os outros 13 participantes e as prefeituras de suas cidades.

Único clube que estava autorizado a treinar, o Red Bull Bragantino terá que paralisar as atividades e retornar em conjunto com as outras equipes.

Os detalhes do protocolo não foram divulgados, assim como uma possível data para o retorno do Campeonato Paulista.

O Paulistão foi suspenso em março, em decorrência do avanço da pandemia do novo coronavírus no Brasil. Na última rodada, disputada entre os dias 14 e 16 de março, os jogos na capital foram realizados com portões fechados, enquanto no interior e no litoral a presença da torcida foi liberada.

Fachada da Federação Paulista de Futebol, em São Paulo Foto: Rogério Galasse/Futura/Estadão Conteúdo

Leia a nota oficial da FPF:

“A Federação Paulista de Futebol e os Clubes do Campeonato Paulista Série A1 – 2020 realizaram reunião via videoconferência, nesta quarta-feira, 10 de junho de 2020. Com o propósito de discutir as atitudes do Futebol Paulista diante da Pandemia de COVID-19, a FPF e os clubes anunciam os próximos passos para a volta gradativa dos treinos:

  • A FPF e os clubes, unidos, aguardam aval das autoridades de saúde para retomar, de forma gradual, as atividades físicas dos atletas no dia 15 de junho, como previsto no Protocolo de Retomada Gradual dos Treinos;
  • O Red Bull Bragantino, único clube que havia obtido autorização para atividades, paralisará os trabalhos e retornará em conjunto com as demais equipes;
  • Nesta quinta-feira pela manhã, haverá reunião com a Prefeitura de São Paulo, a fim de entregar pessoalmente o Protocolo de Retomada Gradual dos Treinos. A reunião será com o Prefeito Bruno Covas, o Secretário de Esportes Maurício Landim, o Secretário Municipal de Saúde Edson Aparecido, o Presidente da FPF Reinaldo Carneiro Bastos, o Presidente do Corinthians Andrés Sanchez, o Presidente do Palmeiras Maurício Galiotte, o Presidente do São Paulo Carlos Augusto de Barros e Silva e o Presidente do TJD-SP Deputado Delegado Olim;
  • O mesmo processo que acontecerá amanhã na Capital Paulista ocorre com os demais 13 clubes, que estão em contato direto com suas Prefeituras para entrega formal do Protocolo de treinos;
  • Também nesta quinta-feira, haverá uma reunião do Sindibol (Sindicato das Associações de Futebol de São Paulo) com o Sindicato dos Atletas Profissionais de São Paulo, o Sindicato dos Treinadores Profissionais de Futebol do Estado de São Paulo, o Sindicato dos Árbitros de Futebol de São Paulo, o Ministério Público do Trabalho, Ministério Público do Estado de São Paulo, o Governo do Estado de São Paulo, a FPF e os 16 clubes. O intuito é criar uma mediação pré-judicial para que a retomada gradual aos trabalhos seja segura tanto nos aspectos de saúde como jurídicos.”

Estado mais afetado pela Covid-19 em todo o país, São Paulo já registrou mais de 150 mil casos da doença, com mais de 9.500 mortes.

Fonte: CNN Brasil

COMPARTILHAR

Comentários no Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui