A Câmara Municipal de Pimenteiras (PI) aprovou nesta segunda-feira (26/04) o Projeto de Lei 01/2021, cujo o autor é o vereador José Galdino Loiola, o Dedé Juriti (PTB), que reconhece as atividades religiosas como essenciais no município.

Dedé Juriti comentou a aprovação do projeto e ressalta que entende a liberdade de crença e de culto como um grande avanço no Estado brasileiro, haja vista que a Constituição Federal de 1988 em seu Art. 5°, VI, possibilita a garantia e a proteção aos locais de culto e suas liturgias.

Segundo o vereador, no momento atual, onde a sociedade vive em dificuldade por conta da pandemia do novo coronavírus, é preciso que haja a garantia da saúde, mas também de proteção aos locais de culto, dando assim um certo equilíbrio aos direitos e garantias fundamentais previstos na Constituição Federal de 1988.

Vereador Dedé Juriti (PTB) – (Foto: Arquivo pessoal)

Assim, o vereador entende que por meio do PL 01/2021, de sua autoria, tem proposto, justamente, este equilíbrio em todo o município de Pimenteiras, trazendo a proteção aos locais de culto em detrimento da garantia constitucional à saúde.

Dedé Juriti considera que a igreja, de certa forma, em cunho espiritual, traz à sociedade, neste momento crítico que a população mundial enfrenta, o alento espiritual e psicológico necessários para enfrentar não só o vírus da COVID-19, mas, também, a crise que tem assolado não somente o povo de Pimenteiras, mas diversos locais pelo mundo.

“O Deus Todo Poderoso tem me influenciado, juntamente com a ajuda de cristãos, o trabalho para Ele e pela sua Igreja, que é o corpo de CRISTO. A Ele (DEUS) seja dado a honra, a glória e o louvor, hoje e eternamente. Amém!”, finalizou o vereador Dedé Juriti.

COMPARTILHAR

Comentários no Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui