Governador do Ceará, Camilo Santana (PT) – Foto: Reprodução / Internet

Na contramão de boa parte dos estados, todos endividados e com dificuldades financeiras ampliadas pela covid-19, o Ceará criou um auxílio de R$ 1 mil para trabalhadores de restaurantes, bares e estabelecimentos de alimentação que tenham ficado desempregados.

A medida foi anunciada nesta quinta-feira (4) pelo governador do estado, Camilo Santana.

Os pagamentos serão feitos em duas parcelas de R$ 500 e vão beneficiar garçons, cozinheiros, auxiliares de cozinha, gerentes, recepcionistas, entre outros profissionais que perderam empregos.

Também foi anunciado que as dívidas de ICMS dos estabelecimentos serão parceladas em até 60 vezes (5 anos), além da isenção do IPVA de 2021 para veículos que estejam registrados em nome dos estabelecimentos ou do trabalhador desempregado.

A medida ainda concede isenção na conta de água pelos próximos três meses (a começar já neste mês) e o perdão dos débitos abertos desde março de 2020 até o mês passado.

Fonte: ISTOÉ Dinheiro
COMPARTILHAR

Comentários no Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui