Vereadores aprovaram projeto por unanimidade – Foto: Adilson Lopes

Na segunda sessão da Câmara Municipal de Pimenteiras, realizada nesta manhã (22), os vereadores deram continuidade aos trabalhos do legislativo onde foram votados os projetos de lei apresentado na sessão anterior.

Foi aprovado o Projeto de Lei n° 03/2021, de autoria do Poder Executivo, que dispõe da criação do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência – COMUDE/Pimenteiras PI e da criação da Coordenação Municipal para Inclusão da Pessoa com Deficiência – CEMID. No entanto, foi apresentado pelo vereador Gean Lucas uma emenda que altera o projeto. O projeto foi aprovado por unanimidade. Porém, a emenda foi aprovada por 4 votos a favor e 3 contra.

A sessão de hoje contou, mais uma vez, com a participação voluntária dos intérpretes de LIBRAS Edigar Júnior e Benito Mota. Apesar da sessão dessa vez não ter contado com a participação de surdos ou deficientes auditivos. O trabalho vale como estímulo para o poder público atentar-se para a necessidade de políticas públicas para a inclusão da pessoa com deficiência.

Estavam presentes também alguns representantes da causa da pessoa com deficiência , entre elas, a agente de saúde Silvana, mãe de dois filhos autistas, a professora Joana Darc, mães de dois filhos com deficiência visual, além de duas assistentes sociais representando o Poder executivo.

Em destaque, Grasiella, Joana Darc, Gabriella (na frente) e Silvana (ao fundo) – Foto: Adilson Lopes

Após a publicação no diário oficial da lei que oficializa a existência do conselho, o Poder Executivo formará uma comissão paritária, com igual número de representantes da sociedade civil e da esfera governamental para eleger os integrantes do conselho e para elaborará o Regimento Interno no prazo de trinta dias da publicação desta lei.

TEXTO: Joana Darc
Fonte: Pimenteiras.com
COMPARTILHAR

Comentários no Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui