Foto: NATALIYA VAITKEVICH/PEXELS

A empresa britânica AstraZeneca diz ter encontrado uma vacina 100% eficaz contra formas graves da Covid-19. O diretor-geral da farmacêutica, Pascal Soriot, acredita que essa é a “fórmula vencedora”. A agência reguladora do Reino Unido está com as informações do imunizante e deve se pronunciar nos próximos dias.

“Descobrimos como conseguir uma eficácia que, depois de duas doses, terá uma porcentagem alta, como os outros imunizantes divulgados até agora”, explica o executivo, em entrevista ao jornal britânico Sunday Times.

A AstraZeneca, responsável pela vacina de Oxford, informa que a nova fórmula é uma variação da original. O medicamento sofreu críticas após divulgar os últimos resultados de eficácia, que ficaram entre 70% e 90%.

Os melhores índices foram alcançados por acaso, devido a um erro na dosagem, e só incluíram pacientes com menos de 58 anos. Segundo Soriot, a empresa esperava que as pessoas ficassem desapontadas com os resultados, mas não a “tempestade” que foi criada depois da divulgação dos dados. A farmacêutica resolveu fazer novos testes para confirmar a eficácia.

A vacina de Oxford é a grande aposta do governo brasileiro e uma das imunizações mais baratas produzidas contra a Covid-19: será comercializada a US$ 4 (R$ 20). E não exige condições de armazenagem diferentes das que o país já possui.

A AstraZeneca garantiu ainda que a vacina deve funcionar contra a nova variante do coronavírus, mas irá testá-la para ter certeza. E pontuou que já está preparando novas versões caso não funcione.

Fonte: Metrópoles
COMPARTILHAR

Comentários no Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui