A Agência Piauí Fomento habilitou três correspondentes de créditos por meio de edital de credenciamento lançado no mês de março. Foram habilitados o Banco Comunitário de Cocais, de São João do Arraial; a Associação Kolping, da cidade de Pimenteiras; e a Cactvs, que atende em Teresina, Parnaíba, Piripiri, Floriano e Picos. As empresas credenciadas já foram capacitadas por meio de um treinamento ministrado por técnicos da agência.

Os correspondentes vão atuar nas áreas de microcrédito e de empreendedores individuais, os chamados MEI, contribuindo para fomentar o desenvolvimento do Piauí em regiões onde a agência não está presente.

Segundo informações da agência, a missão dos correspondentes é fazer a captação de novos clientes, receber solicitações de financiamento e os encaminhar para a Piauí Fomento e ainda acompanhar as operações de crédito.

O presidente da Obra Kolping em Pimenteiras, Reinaldo Paiva, foi recebido na sede da Piauí Fomento pela Diretora de Operações da instituição, Carlete Freitas. Na ocasião, as equipes das empresas conveniadas receberam treinamento.

O que é a Piauí Fomento?

A Agência de Fomento e Desenvolvimento do Estado do Piauí S.A. – PIAUÍ FOMENTO é uma nova instituição financeira atuando no mercado piauiense desde 1º de julho de 2010. Autorizada pela Lei Estadual nº 5.823/08, foi constituída sob a forma de sociedade de economia mista de capital fechado, com controle majoritário do Estado do Piauí, para realizar ações de fomento econômico e social no Estado.

A PIAUÍ FOMENTO tem por objetivo contribuir para o crescimento dos setores e regiões do Estado, se constituindo como um instrumento de desenvolvimento estadual, não apenas na concessão de financiamentos, mas desempenhando ações em complementação e apoio à atuação governamental, para o desenvolvimento dos setores econômicos do Piauí.

Edição: Mestiço News
*Com informações da Agência Piauí Fomento
COMPARTILHAR

Comentários no Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui